Oi gente, tudo bem?
Meu nome é Laura Myrella, mais conhecida como Limão, sou a nova colaboradora do blog da Jéh, devido a correria a semana de provas da faculdade, trabalho e alguns outros projetos não tive tempo para poder postar minha primeira matéria antes. O meu primeiro post seria sobre "mulheres gamers" e algumas coisas voltadas para os evento e a nova equipe feminina gamer de Santos, explicarei melhor no algum próximo post. #Prometo

Bom, o primeiro post é um assunto sério, e muito revoltante (pelo menos para mim e creio que para a maioria das pessoas). Um dos assuntos mais comentados na internet essa semana, tirando as tragédias e as vergonhas que o nosso país está passando com toda essa palhaçada de corrupção e etc, foi a "Modalidade de internet fixa limitada" que as operadoras de internet querem nos impor.



PROBLEMAS À VISTA!, pelos menos para boa parte dos internautas brasileiros, as principais operadoras de banda larga do pais resolveram colocar limites de dados (o que é uma péssima notícia para nós consumidores, pois até quem não compreende de tecnologia sabe que isso não irá beneficiar nada mais nada menos que o cartel das grandes operadoras).

As operadoras de internet banda larga brasileiras mudaram as regras, agora para milhares de assinantes de banda larga fixa terão que "obedecer" a limites de tráfego de dados, como já acontece na internet móvel. Compreenda como vai funcionar, o que os órgãos estão falando sobre essa medida e o que podemos fazer para lutar contra esse golpe.

A Vivo (que recentemente se uniu a GVT), a Net e a Oi, as 3 maiores operadoras de banda larga do pais, disseram à pouco tempo que a partir de agora todos os seus planos de internet fixa irão ser controlados por limites de dados, ou seja, a internet da sua casa ou até mesmo do seu escritório - que assim como nosso 3g ou 4g - também terá um limite de uso que assim que atingido resultará em um corte de forma arbitrária da sua conexão ou uma diminuição drástica da velocidade da banda larga (quase como uma internet discada, só que em pior qualidade). Até pouco tempo atrás, nós já estávamos acostumados com isso, os planos de banda larga fixa eram regulados somente pela velocidade da conexão, sem limites de dados. Se antes podíamos fazer o que bem entendíamos como escutar músicas ou ver filmes e seriados por streaming (aplicativos como Deezer, Spotify, Youtube, Netflix), jogar uma partida online de nossos jogos preferidos (LOL, World Warcraft, CS, Warface, etc) ou simplesmente baixar vídeo aulas para estudar pra concursos ou até mesmo para ter acesso para outros tipos de aprendizagens sem nos preocupar, agora com o limite de consumo, dependendo da forma como cada um utiliza a internet, muitos irão chegar ao fim do mês "desconectados" - mesmo pagando tudo em dia.

Se for aprovado esse golpe, viveremos com esse joguinho na tela do nosso navegador.
De acordo com o PROTESTE as empresas não podem estar fazendo isso, essa continuidade do serviço não pode ser cortada, ainda mais se o consumidor estiver em dia com o pagamento - o corte só pode ser efetuado caso o cliente esteja inadimplente, aí o código respalda a empresa, seguindo inclusive uma data de possível corte - mas não por causa do fim da franquia de dados. 

Pra se ter uma ideia do que isso significa, irei fazer um exemplo de um cálculo bem prático e simples: o plano mais alto que a Vivo proporciona é de 130 GIGABYTES/ mês; mas assistir um filme em HD na Netflix consome em média 3GB/ hora; se você assistir 2 episódios de seu seriado favorito por dia e em HD em média de 50 min por episódio, no final do mês terás sido consumido 180 GIGABYTES (muito mais do que o limite máximo usando somente Netflix), fora os outros serviços onlines como Youtube, Whatsapp, Twitter, Facebook, Snapchat, Instagram, Periscope, etc; e sendo que compartilhamos nossa internet com outras pessoas e outros equipamentos não somente no smartphone, isso na maioria das vezes simultaneamente. Resumo da equação: 130 GIGABYTES/mês não é o suficiente para os usuários atualmente.

As empresas se justificam dizendo que será um melhor dimensionamento dos seus serviços para adotar tal medida (eu duvido que isso possa melhorar a qualidade, isso se for aprovado e entrar em vigor, só terá a prejudicar e extorquir a população), e mais, eles ainda informam que estão seguindo a tendencia mundial - porém em outros países a qualidade é superior, possuem planos bem melhores até mesmo comparados à fibra ou links dedicados, e o preço é bem mais em conta - é mais fácil as empresas terem a "desculpa" para aumentar o plano convencendo o usuário a contratar um serviço de banda larga com franquia superior com mais velocidade ou que é obrigatório pagar o valor excedente. Esse tipo de prática É ILEGAL e fere os princípios do Marco Civil da Internet que informa que o usuário "tem que ter acesso e continuidade do serviço". 

A PROTESTE e outras entidades entraram com uma representação na 3ª Câmara de Direito do Consumidor e Ordem Econômica da Procuradoria da Geral da República, que é do Ministério Público Federal. A ANATEL que regulamenta as telecomunicações, aceita esse tipo de prática de cobrança, assim como já acontece na telefonia móvel, à princípio eles dizem que essa prática de interrupção após o término da franquia não fere a regulamentação do setor de telecomunicações, porém se defende dizendo que a prática de interrupção da conexão da internet após o consumo da franquia não é determinada pelo órgão, nem pela regulamentação, entre outras coisas absurdas que conto no próximo post (inclusive sobrou até mesmo para os gamers). 

O que podemos fazer? Por sermos reféns dessas empresas, o que nos resta fazer é RECLAMAR (E BEM ALTO), seja pelas redes sociais da empresa, ligar nas centrais de atendimento das operadoras fazendo reclamações protocoladas, denunciar nos órgãos de defesa do consumidor, assinar petições, é fundamental que quanto mais reclamações tiverem, mais seja possível lutar contra essa prática abusiva, para que caia por terra e prevaleça os direitos do consumidor, fazendo que as operadoras vejam como é importante o acesso e que não pode haver a quebra do serviço durante o período em que o consumidor teria o seu plano completado e com seus pagamentos em dias.
https://secure.avaaz.org/po/petition/Vivo_GVT_OI_NET_Claro_Anatel_Ministerio_Publico_Federal_Contra_o_Limite_na_Franquia_de_Dados_na_Banda_Larga_Fixa/?pv=48
Consulta da petição dia 23/04/2016 às 19:31 (link no final da matéria).

Vamos aproveitar esse período de início de mudanças do nosso país e nos unir para exigirmos mais um direito que nós lutamos tanto para conquistar, vamos nos juntar aos Youtubers brasileiros, criadores de conteúdo e ao Movimento Internet Sem Limite (deixarei os links abaixo).

Compartilhe essa informação para todo mundo que conhece, utilize nas redes sociais a hastag #InternetJusta, isso é muito importante. Nós temos que lutar contra essa medida, nós temos que impedir que isso aconteça. NÓS NÃO VAMOS PERMITIR QUE ESSE GOLPE ACONTEÇA, OPERADORAS ESSA VOCÊS NÃO IRÃO GANHAR! NÃO QUEREMOS INTERNET DE GRAÇA, QUEREMOS #INTERNETJUSTA .

Até logo,
Ass.: Laura Myrella - Limão.



Alguns dos Youtubers na campanha:


10 Comentários

  1. OK parabéns. É o certo internet justa.

    ResponderExcluir
  2. OK parabéns. É o certo internet justa.

    ResponderExcluir
  3. eu to só de olho nessa palhaçada que estão tentando fazer com a nossa internet --' pagamos caro e já não é lá grande coisa, já imaginou se fazem isso?

    Blog - Meu Baú de Estrelas
    Fanpage
    Youtube

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, temos que lutar, afinal o Brasil é feito de democracia, temos o poder para anular essa medida!

      Excluir
  4. Oiii Laura :) Eu sempre fui fã do UmaGeekDescolada e adorei ler esse post seu ♥
    Já até assinei o abaixo assinado, estamos juntas na luta ;)

    shyandbrave.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beatriz, fico feliz demais por isso! =D Obrigada pela atenção e pelo carinho! Vamos à luta! \o

      Excluir
  5. Não basta termos uma das piores internets do mundo, eles ainda querem limitar o nosso acesso à informação. Com isso tudo eles conseguem ferir até a Constituição!
    Estamos na luta! Ótimo post!

    Zona de Conspiração | Fanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Juliara! Fico feliz que tenha gostado do post! Eles não iram nos calar, vamos à luta!

      Excluir
  6. Isso é praticamente um retrocesso, vamos voltar quase a era da internet discada que precisávamos usar apenas depois da meia noite pra conta telefônica não vir muito alta. Mas ainda acredito que se fizermos a nossa parte podemos mudar esse quadro.

    Bjinhos

    ResponderExcluir